>> 24/08/2008

Na obrigação do “alguma coisa”
Não fiz nada
Na obrigação de fazer tudo
Fiz o que pude

Na busca de fazer tudo
Às vezes agente perde o mais importante
Agente nunca sabe se o movimento
É deslocamento
Ou ainda repouso
Às vezes agente se perde
Na procura
E se acomoda
Na busca
De algo verdadeiro pra buscar

Às vezes caminhando
No mesmo caminho
Agente continua parado...

Tudo sempre depende de um referencial...

Obs: fiz na falta de algo para escrever. Resumi o pq de ñ ta escrevendo tanto, e pq as vezes paresso ñ fazer nada... fragmentos de uma aula de fisica...

2 Sopros de vento:

Pipa Cavalcanti 27 de agosto de 2008 09:45  

fazer o que nos cabe ser feito é fundamental. Fazer a nossa parte, fazer o que damos conta de fazer. Fazer bem feito é consequencia disso tudo.

Rafa, você vai rir. Eu estava falando com você achando que era um outro Rafa que estuda comigo. Dai eu cheguei pra ele ontem pra comentar que estou gostando do Blog e tal e ele ficou sem entender nada, hahahahahahahahaha
Mas e então, será que você é algum outro Rafa que eu conheço?
Abraço

Pipa 27 de agosto de 2008 20:48  

Mas e então, Rafa, me conta...
Como é que você chegou até o Rimas?
Abraços =)

  © Blogger template Shiny by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP